Natação para crianças

  • -
Imagem com crianças praticando natação

Natação para crianças

A natação infantil é muito recomendada pelos profissionais da saúde como um esporte completo para a criança, onde ela aprende a sobrevivência ao meio líquido e os tipos de nados se divertindo.Dentre inúmeros conceitos que se aprendem em uma aula, a flutuação e respiração são primordiais no início do planejamento ao meio líquido.

Aprender a flutuar e a respirar debaixo da água foram citadas pela academia americana de pediatria (app) como elementos que devem ser considerados parte de um plano global de segurança na água, que inclui uma série de precauções em torno de uma piscina no quintal, banheira ou em qualquer lugar onde a água é acessível a criança.

Foto com crianças nadando   Duas alunas de natação

Alunos praticando natação   Turma de natação infantil

A AAP apresenta ainda orientação específica para os pais:

1. Nunca – nem por um momento – deixar crianças pequenas sozinhas ou aos cuidados de outra criança, enquanto em banheiras, piscinas, spas e piscinas recreativas, ou perto de valas de irrigação ou água parada. Assentos de banho não pode substituir a supervisão de adultos. Esvaziar baldes de água e outros recipientes imediatamente após o uso. Para evitar afogamentos nas casas de banho, as crianças não devem ser deixados sozinhos no banheiro.

2. Supervisionar de perto as crianças e em torno da água. Com bebês, crianças e maus nadadores, um adulto deve estar na distância de um braço de comprimento. Com crianças mais velhas e bons nadadores um adulto deve se concentrar na criança e não distrair-se com outras atividades.

3. Se as crianças estão fora de casa, perguntar sobre a exposição à água e a proporção de adultos para crianças.

4. Se você tem uma piscina, instale uma cerca de quatro lados de pelo menos 4 metros de altura para limitar o acesso à piscina. A vedação deve ser dura para não ser levantada (não usar correntes) e ter uma trava automática do portão, de fechamento automático. As famílias podem considerar alarmes e piscina com cobertura rígida como níveis adicionais de proteção, mas que também não substituem uma cerca.

5. As crianças precisam aprender a nadar, considerando-se que desenvolvem-se em ritmos diferentes, nem todas as crianças estarão prontas para nadar na mesma idade.

6. Os pais, cuidadores e proprietários da associação devem aprender procedimentos de reanimação.

7. Não usar aparelhos de natação do tipo boias (como braçadeiras insufláveis) no lugar de coletes salva-vidas. Eles podem esvaziar e não são projetados para manter os nadadores seguros.

8. Todas as crianças devem usar um colete salva-vidas quando andar de barco. As crianças pequenas e não nadadoras também deve usar um em ocasiões em que estiverem à beira da água, como em um rio ou cais.

9. Os pais devem conhecer a profundidade da água e eventuais riscos subaquáticos antes de permitir que as crianças mergulhem. A primeira vez que você entrar na água, entre com os pés, não mergulhe.

10. Ao escolher um local aberto de água para as crianças nadarem, selecione um com salva-vidas.Os nadadores devem saber o que fazer em caso de correnteza (nadar paralelamente à costa até sair da corrente, então nadar para a costa).

11. Orientar adolescentes sobre o risco de afogamento quando o álcool está envolvido.

O Studio Pilates oferece aulas de natação desde os 6 meses de idade com vários horários a disposição.

REFERÊNCIAS

http://medicinadefamiliabr.blogspot.com.br/2010/05/academia-americana-de-pediatria.html

Clique para acessar o peds.2010-1264.full.pdf


http:// http://institutopensi.org.br/blog-saude-infantil/a-crianca-e-a-pratica-da-natacao/